Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 21/10/2016

Atualidades

Mais de 300 raios atingem solo de SP nesta quinta-feira

Cidade teve forte chuva na madrugada e temporal no final da tarde. Tempo segue instável nesta sexta-feira (21).

Pela manhã, um raio corta o céu com nuvens carregadas na região dos bairros de Pompeia e Lapa, na Zona Oeste de São Paulo 


Mais de 300 raios atingiram o solo de São Paulo nesta quinta-feira (20), segundo levantamento da Climatempo. A chuva que caiu na cidade nesta tarde começou por volta das 16h30 e durou menos de 60 minutos. Durante o período, a empresa de meteorologia registrou 125 raios atingindo o solo na capital.

Foi o segundo temporal em menos de 24 horas. Na madrugada, entre a meia-noite e 8h, foram contabilizados 2.589 raios na Grande São Paulo, dois quais 760 foram na capital. Desse montante, 230 atingiram o solo.

A forte chuva no final do dia deixou diversas regiões da cidade em estado de atenção por cerca de duas horas, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo. O temporal provocou queda de mais de 150 árvores na região metropolitana e inúmeros alagamentos.

A Zona Oeste foi uma das mais afetadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas teriam ficado presas em uma passagem subterrânea que ficou alagada, em frente ao Terminal da Lapa, na Zona Oeste. Por volta das 19h30, uma mulher de 33 anos foi encontrada com hipotermia no local e levada para um hospital da região.

A secretaria municipal de Saúde afirma que a Polícia Militar socorreu duas pessoas que sofreram choque elétrico durante o temporal. Uma das vítimas, um homem de 23 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Na Pompeia, também na Zona Oeste, carros ficaram ilhados por conta de um alagamento nas ruas Barão do Bananal e Venâncio Aires.

Carros ficam ilhados em um ponto de alagamento causado pela chuva na esquina das ruas Barão do Bananal e Venâncio Aires, no bairro da Pompeia, em São Paulo

Em nota, a AES Eletropaulo afirma que por conta da chuva, os bairros de Pinheiros, Vila Madalena e Lapa, na Zona Oeste; Brooklin e Morumbi, na Zona Sul, estão sem luz. Equipes da concessionária atuam nestes locais para restabelecer a energia.

Em Pinheiros, a chuva derrubou o toldo do estacionamento de um mercado no Largo da Batata. Na rua Teodoro Sampaio, lojas ficaram sem luz por causa da chuva e fecharam as portas. Uma árvore caiu na Rua Cardeal Arcoverde e outra desabou em cima do muro de uma casa na Avenida Pedroso de Moraes. Às 17h52, a via tinha pontos de alagamentos e semáforos desligados.

Em nota, o Shopping Eldorado afirma que isolou parte do estacionamento, após um pedaço do gesso do teto desabar por conta da chuva. Ainda de acordo com o centro de compras, o incidente não trouxe riscos para clientes, lojistas e funcionários e que todas as lojas e serviços operam normalmente.

Por causa da chuva, os trens das linhas 7 - Rubi, 9 - Esmeralda e 10 - Turquesa da CPTM passaram a circular com intervalo maior. O aeroporto de Congonhas opera no visual.

Choveu forte na região da Zona Oeste, nos bairros de Jardim Raposo Tavares, Rio Pequeno, Vila Sônia, Butantã e Morumbi. Também a Marginal Tietê e regiões da Zona Norte foram atingidas.

O trânsito, porém, ainda estava dentro da média para o horário, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego.

g1.globo.com