Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 17/11/2016

Atualidades

Um terço gasta mais do que pode na Black Friday, diz pesquisa do SPC

8% dos entrevistados disseram que deixarão de pagar contas para comprar. E 10,6% lembram que ficaram com nome sujo após o evento de 2015.


Lojas aderiram à campanha Black Friday em Manaus, em 2015.


Quase sete em cada dez brasileiros (69%) pretendem comprar alguma coisa na Black Friday, aponta pesquisa da Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). E 31% admitem que não resistem às promoções e costumam gastar mais do que podem na Black Friday.

A Black Friday é um evento importado do varejo americano, que organiza na última sexta-feira de novembro uma onda de promoções para aquecer as vendas no fim de ano.

Esta edição terá de lidar com uma onda de consumidores endividados. Mesmo com dívidas, muitos querem comprar. De acordo com a pesquisa, 19% dos que pretendem comprar estão com contas em atraso e outros 19% estão com o nome sujo. Entre os entrevistados, 8% disseram que deixarão de pagar alguma conta para comprar na Black Friday.

A pesquisa aponta que 10,6% dos entrevistados que fizeram compras na Black Friday do ano anterior não conseguiram pagar a conta em dia e ficaram com o nome sujo. E ainda: 3,5% dos entrevistados ainda estão com a conta pendente. Ao todo, 828 pessoas foram ouvidas em 27 capitais.

O educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, lembra que é preciso ter cuidado com os gastos por impulso. “A data pode ser uma grande oportunidade na hora de comprar aquele produto mais caro, ou de substituir aquele eletrodoméstico quebrado por um novo. Entretanto, caso não haja controle, o que poderia ser um ótimo momento para economizar pode vir a se tornar uma ameaça à saúde financeira do consumidor.”

http://g1.globo.com