Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 29/08/2016

Atualidades

Começa cessar-fogo do governo colombiano e as Farc

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, comemora no Twitter. Acordo de paz foi concluído em Havana, Cuba, na semana passada.


Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, fala no Twitter sobre fim da guerra com Farc 


O esperado cessar-fogo e de hostilidades bilateral e definitivo entre o governo colombiano e a guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) começou à 0h (horário local, 2h em Brasília) desta segunda-feira (29).

"Neste 29 de agosto começa uma nova história para a Colômbia. Silenciamos os fuzis. Acabou a guerra com as Farc!", escreveu à meia-noite o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, em sua conta no Twitter.

O fim das hostilidades é um marco na história da Colômbia que durante 52 anos viveu o conflito armado com esse grupo guerrilheiro, o maior do país, uma disputa que se calcula deixou 7 milhões de vítimas e cerca de 260 mil mortos.

Fruto do acordo de paz assinado em Havana na quarta-feira (24), Santos anunciou no dia seguinte que tinha ordenado iniciar o cessar-fogo a zero hora de hoje. "Quero informar aos colombianos que como chefe de Estado e como comandante-em-chefe de nossas Forças Armadas, ordenei a cessação de fogo definitivo com as Farc a partir de zero hora da próxima segunda-feira, dia 29 de agosto", disse na ocasião o presidente.


O comandante das Farc Iván Marquéz (esquerda) e o chefe da delegação de paz colombiana Humberto de la Calle (direita) apertam as mãos em Havana, Cuba, após assinarem o acordo definitivo de paz na Colômbia 

Neste domingo (28), o chefe das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como "Timochenko", confirmou o início do cessar-fogo em declaração feita na capital cubana.

"Em minha condição de comandante do Estado-Maior Central das Farc-EP ordeno a todos nossos comandantes, a todas nossas unidades, a todos e cada um de nossos e nossas combatentes a cessar o fogo e as hostilidades de maneira definitiva contra o Estado colombiano a partir das 24h da noite de hoje", leu o máximo chefe da guerrilha.

No primeiro minuto de hoje, as mensagens relativas ao início do cessar-fogo inundaram as redes sociais para anunciar o que se denominou popularmente de um "novo amanhecer" para o país.

"A partir desta hora os colombianos começam a viver um momento histórico e desejado por anos #AdiosALaGuerra", publicou a Chancelaria na rede social.

Desde o dia 20 de julho do ano passado regia no país o último cessar-fogo unilateral das Farc como medida para gerar confiança no processo de paz, que foi respondido pelo governo com a suspensão de bombardeios a acampamentos dessa guerrilha, o que reduziu de maneira considerável a intensidade do conflito.

http://g1.globo.com/