Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular
Projetos sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular

Projetos sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular


Resplandecer é doar o melhor de si para ajudar o irmão; é doar amor, cuidado e, acima de tudo, a Palavra de Deus, que transforma realidades e cura vidas

A Igreja do Evangelho Quadrangular tem, em sua essência, o propósito de levar o Evangelho de Jesus Cristo a todos os povos e lugares; de fazer resplandecer a sua luz para aqueles que não conhecem a sua mensagem. Como igreja, tem o papel fundamental de transformar realidades, cuidar da comunidade na qual está inserida, levar amor, suprimentos e tudo o que for preciso para curar e salvar almas para o reino de Deus.

A IEQ cumpre sua missão e vai além. Por meio da Secretaria Geral de Missões, realiza diversos projetos sociais com o objetivo de ajudar pessoas carentes em todas as suas necessidades, sejam elas materiais ou espirituais. As ações levam a Palavra de Jesus e têm alcançado e mudado a história de milhares de pessoas. Ao todo, 22 países já são contemplados pela mensagem de Deus e pelos cuidados dos missionários, que abrem mão de suas próprias vidas para se dedicarem ao próximo.

As missões no Brasil e no mundo têm mantido viva a ordem que Jesus deu aos seus discípulos: “Ide por todo o mundo e pregue o Evangelho a toda criatura”. O Evangelho tem sido levado a muitos lugares e transformado a história de pessoas, restaurado famílias, alcançando jovens, curado os doentes no corpo, na alma e no espírito. Essa é a essência do Evangelho que Cristo ensinou, o amor, a doação e o partir do pão.

Conheça alguns dos programas realizados por sua Igreja:

Quando há um forte propósito com foco e determinação, o resultado esperado é alcançado. As ações da IEQ têm chegado a todos os continentes por meio de um trabalho intenso, realizado com responsabilidade e compromisso. A entrega das ofertas do terceiro domingo de missões possibilita que a SGM envie e mantenha 64 missionários em 22 países. Batismos vêm sendo realizados na Espanha, Portugal, Timor Leste; pessoas treinadas na Bolívia, Uruguai, Paraguai, Argentina; novos discípulos na região Asiática e Norte da África; aberturas de igrejas em Moçambique, Equador, Cuba e Cabo Verde; Instituto Teológico inaugurado em Portugal, entre tantos outros projetos.

No Haiti, por exemplo, os missionários trabalham na construção de orfanatos para abrigar crianças que perderam suas famílias em catástrofes, como o terremoto de 2010. Por meio da alfabetização, discipulado e evangelismo pessoal, eles levam a fé e a esperança para um povo tão carente e necessitado.

O trabalho no Timor Leste tem atraído um número expressivo de pessoas, graças à ação da missionária que atua em escolas, igrejas, comunidades e clínicas médicas. Em 2013, o templo da IEQ foi totalmente queimado. Porém, diversas IEQs brasileiras levantaram ofertas e ajudaram na reconstrução da igreja. Além disso, a IEQ no Timor Leste conseguiu ser registrada no país. 

Já na Ásia Central, uma região completamente fechada ao Evangelho, o trabalho é desenvolvido por meio do discipulado pessoal, além de ações sociais em orfanatos, hospitais e clínicas para crianças portadoras de necessidades especiais.

A SGM mantém, ainda, Bases de Missões no Paraguai, Argentina, Brasil (São Paulo) e Haiti. No primeiro semestre de 2016, 192 pessoas foram capacitadas, mais de 2.300 evangelizadas e 1.097 aceitaram a Cristo como seu único salvador. Mais uma Base está nascendo em Guiné-Bissau, país com muitas necessidades na área social e espiritual, mas a SGM acredita que pode levar o Evangelho a todos os cantos da Terra. Sonhe conosco!

Brasil
No Brasil, as ofertas arrecadadas proporcionam uma mudança na vida das comunidades mais carentes e que necessitam de doações para sobreviverem. Os projetos implantados pela IEQ levam mais que alimentos. Levam cuidados médicos, realização de exames, remédios, materiais escolares, cursos de capacitação, serviços sociais, consultorias jurídicas e o mais importante: o amor de Jesus. Confira:

Casa da Provisão
Desde 2000, a Casa da Provisão tem monitorado e atendido pessoas em situação de carência extrema, em especial, de crianças e adolescentes que se encontram socialmente vulneráveis. No total, já atende mais de 90 instituições, como casas de recuperação para dependentes químicos e as direcionadas a pessoas com diabetes, HIV ou câncer. Elas são amparadas mensalmente com cestas básicas, produtos de higiene pessoal, roupas, calçados e material escolar.

S.O.S
O Projeto S.O.S é administrado pela Casa da Provisão. Foi criado para atender às cidades mais carentes do estado de Minas Gerais. No entanto, seu trabalho se tornou tão notável e importante, que passou a suprir diversas cidades no Brasil e no mundo. Em parceria com a Cruz Vermelha, o projeto atua em locais atingidos por catástrofes naturais (como Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rondônia, Acre, Filipinas e Haiti) e leva ajuda material e palavras de esperança à população atingida.

O S.O.S. impulsiona a doação de alimentos, roupas, brinquedos e produtos de higiene pessoal e bíblias para serem distribuídos entre a população dos municípios mais necessitados. Todos os anos, missionários voluntários são enviados para evangelismo e atendimento. Após o impacto, muitas pessoas são batizadas e novas IEQs são abertas nessas comunidades.

Em 15 anos, o projeto já atendeu quase 150 cidades e entregou mais de um milhão de toneladas de alimentos, bíblias, roupas, medicamentos e itens de necessidade básica. Ao longo desse período, já foram evangelizados 89.770 adultos e 37.393 crianças.

Projeto Ribeirinhos
O Projeto Ribeirinhos apoia a população que vive às margens dos rios amazônicos, que têm como principal atividade econômica a pesca e pequenos roçados para consumo próprio. A SGM os ajuda na implantação de novas obras e na aquisição de barcos para que o evangelho possa chegar a toda comunidade.

O trabalho da Igreja tira-os de uma vida sem perspectiva para inseri-los em uma nova realidade, com força de trabalho, desenvolvimento e a presença de Cristo em cada lar, dando um horizonte às famílias ribeirinhas.

Projeto Margarida 
O Projeto Margarida é uma ação da Coordenadoria Nacional de Mulheres, em parceria com a SGM, que tem como objetivo levar atendimento médico às mulheres carentes de todo o Brasil. O projeto utiliza ônibus com aparelhos de mamografia e eletrocardiograma para realizar, gratuitamente, exames de prevenção contra o câncer de mama e infarto. 

Desde que foi criado, os ônibus já percorreram diversos estados do país e mais de 5.000 mulheres foram atendidas. Além dos exames, elas contam com aferição de pressão, medição de glicose, corte de cabelo, manicures, atendimento jurídico e psicológico, esclarecem dúvidas sobre saúde e recebem, principalmente, a mensagem e o amor de Jesus Cristo.

Projeto Lucas
O Projeto Lucas visa Levar Jesus por meio do social, atendendo às regiões carentes de todo o Brasil e também no exterior. Por meio do projeto, profissionais voluntários da área da saúde atendem em ônibus equipados com consultório médico e odontológico, prestando cuidados clínicos, gratuitamente, à população. Entre os diversos serviços, estão: aferição de pressão, teste de glicemia e distribuição de medicamentos, além de atendimento odontológico para crianças, adultos e idosos.

Só em 2015, quase 50 mil pessoas foram atendidas pelos 16 ônibus da frota (unidades móveis de saúde), que percorreram 26 cidades, no Brasil e Paraguai. 

Missões com Crianças
Para tornar Jesus conhecido entre as crianças, a SGM implantou projetos que atendem aos pequeninos em diversas áreas: nos lares, nas ruas e praças, instituições sociais, escolas e pediatrias. O Projeto Construindo Valores (Capelania Escolar) atende crianças semanalmente dentro das escolas ensinando valores cristãos. O Projeto Vida leva Jesus às pediatrias e casas de saúde. Com alegria, os voluntários demonstram o amor de Cristo pelas crianças doentes e familiares. São mais de 60 mil crianças atendidas anualmente nos projetos.

Povos Indígenas
Para alcançar os povos indígenas, a SGM envia missionários às comunidades com o propósito de aprender a língua, cultura e costumes, e desenvolver um trabalho de evangelização. O trabalho missionário visa construir igrejas, levantar lideranças indígenas que possam pastorear os próprios índios por meio de relacionamento, testemunho, discipulado e tradução da Bíblia. O objetivo vem sendo alcançado: 6 indígenas foram integrados ao ministério Quadrangular como pastores e muitos outros estão sendo preparados para este ano.

Hoje, há projetos com as etnias Kaxinawá, Parakanã, Macuxi e Pataxó. É desenvolvido o trabalho de alfabetização e reforço em escolas, preparo de materiais didáticos e tradução da Palavra de Deus na língua nativa. O novo desafio é um abrir um Centro de Treinando para formação de obreiros e pastores indígenas. 

E Tu, Nordeste
A região Nordeste e alguns estados do Norte estão entre o percentual com menor número de cristãos. Para reverter este quadro, a SGM desenvolveu o projeto “E Tu Nordeste”, em parceria com os estados, visando alcançá-los para o Senhor Jesus por meio da implantação da Igreja Quadrangular em cada cidade que ainda não tem uma IEQ. Até o momento, foram abertas mais de 90 igrejas, além de construções e compra de terreno em várias destas cidades.

Além dos projetos citados, cada estado do Brasil tem ações próprias para auxiliar suas comunidades. Isso mostra a seriedade e compromisso de toda a Igreja com a sociedade, sendo um instrumento de transformação para todos aqueles que têm contato com a IEQ. Dessa forma, a participação de cada um que integra o ministério Quadrangular é muito importante, seja com a entrega do dízimo, ofertas, serviços sociais e trabalhos missionários. Toda ajuda conta!

Esse é o papel da IEQ em todo o mundo. Esse é o trabalho de milhares de pessoas que se doam em amor ao próximo. Essa é a prática do “amai uns aos outros”. É viver o Evangelho verdadeiro. Um Evangelho que não se mantem apenas com palavras, mas com atitudes que fazem a diferença e levam a luz de Cristo diante da escuridão do mundo que ainda não o conhece.